4 shares

Marketing de Conteúdo x Marketing de Influência

 

O marketing de conteúdo é um tema cada vez mais quente nos dias de hoje. Mais e mais pessoas estão começando a perceber o papel potente que o conteúdo de alta qualidade desempenha na criação de visibilidade para sua marca na Internet.

Mesmo um termo muito focado para nicho gera mais de 7.000 resultados no Google. Certamente, o usuário final só quer considerar algumas opções. O Google precisa apenas de 10 resultados, então, como você vai ser um dos 10? Ter um conteúdo relevante e superior é um componente chave disso.

Mas, conteúdo superior não é suficiente. A menos que o mundo te conheça, o conteúdo relevante que você produz poderá leva-lo a lugar nenhum. Você tem que ter uma maneira de divulgar sua mensagem. Aqui é onde o “Influencer Marketing” , também chamado de “Influence Marketing” ou, em português “Marketing de Influência”, entra em jogo.

Por definição, os influenciadores atingem muitas pessoas (muitas vezes mais do que você) e têm a capacidade de influenciar as opiniões dessas pessoas.

 

Definindo o Marketing do Influenciador

 

Influencer Marketing é o nome que se dá ao processo de desenvolver relacionamentos com pessoas influentes que podem ajudá-lo a criar visibilidade para sua ideia, produto ou serviço. Este tipo de marketing depende de ter algo ótimo para oferecer aos seus potenciais clientes, e ao público do influenciador, e também depende da construção de um excelente relacionamento com o influenciador.

Na web social de hoje, existem quatro formas principais do influenciador gerar um grande impacto no seu negócio:

  • Escrevendo um post no blog sobre você
  • Compartilhando informações sobre você em suas contas de redes sociais
  • Pedindo, ou permitindo que você, seja um guest writer (convidado) e faça um post em seu site
  • Todas as formas acima ou qualquer combinação delas

Um material que recomendamos para você ler é o Playbook do Marketing de Influência, publicado pelo Comunique-se, um portal especializado em soluções de comunicação para profissionais e empresas.

Audiência da Influência

 

Claro, o influenciador também pode curtir ou gostar de seu post, ou clicar “+1” em seu conteúdo, o que tem um menor impacto, mas ainda é potencialmente interessante. É bom lembrar os benefícios do influenciador: muitas vezes a audiência deles é maior do que a sua, ou, pelo menos, seu público é diferente.

1. Influenciadores têm públicos diferentes e maiores que o seu

Isso é verdade. No entanto, o benefício é muito maior do que isso. Digamos que você tenha 100 fãs em sua fanpage no Facebook que compartilham um conteúdo, e isso resulta em 20 mil pessoas que viram o que foi compartilhado. Isso pode resultar em 20 compartilhamentos adicionais e 10 links. Agora considere a mesma audiência alcançada por um influenciador. Essas 20.000 conexões serão muito mais sensíveis ao conteúdo compartilhado por causa da confiança que têm nas opiniões do influenciador, e isso resulta em 100 compartilhamentos adicionais e 50 links.

2. Pessoas mais propensas a confiar nas recomendações do influenciador

Essa é uma vantagem bastante robusta. Além disso, os motores de busca calculam ativamente a autoridade do autor, de modo que também colocam mais peso no voto do influenciador.

 

Alavancando o Influenciador

 

Como fã do marketing de conteúdo, as chances são de que você já tenha seu próprio blog e suas próprias contas de mídia social. E provavelmente já usa isso em conjunto e verifica e segue temas de conteúdo semelhantes. É possível, ainda, que sempre que faz uma nova postagem no blog, você a compartilhe em sua rede social. Quando faz isso corretamente, você se prepara para o próximo ciclo virtuoso.

Existe até um método chamado de Mini Processo do Triplo Engajamento, aplicado por Conrado Adolpho, um grande influenciador e profissional do marketing digital, que ajuda você a organizar melhor esse ciclo.

Mídia social e blogs reforçam-se. Fazer isso efetivamente é um ótimo começo. Pode aumentar sua audiência ao longo do tempo porque as pessoas que já estão conectadas com você irão compartilhar suas mensagens, e isso atinge o público.

No entanto, isso funciona de forma muito mais eficaz se você pode adotar o processo de duas maneiras:

1. Desenvolva relações com os principais influenciadores para que eles estejam se inscrevendo em seu blog ou seguindo / ajudando / circulando em contas de redes sociais. Isso é possível através de ações de relacionamento suficientes com o influenciador e por ter um histórico de criação de conteúdo de interesse para eles. Aqui, o pagamento ocorre quando os influenciadores optam por criar um link para a página dele ou compartilhá-lo em uma rede social.

2. Aproxime-se ativamente dos influenciadores e publique diretamente para a audiência deles. Um exemplo disso é escrever posts como convidado para ser publicado no blog do influenciador. Isso também depende de ter um histórico de autoridade no tema para que eles considerem seu artigo. A recompensa aqui é bastante direta, e acontece assim que o conteúdo é publicado.

Ambas as estratégias levam o influenciador a atuar como um amplificador para a sua mensagem.

 

Relacionamento x Influência

 

Isso não é tão diferente do que fazer novos amigos quando você se muda para uma nova comunidade. Ou quando vai a um evento na comunidade onde encontra os novos amigos, e chega perguntando a todos se podem lhe emprestar 20 reais. Você se queima no lugar se fizer isso. Não funciona na comunidade, e não funciona na construção de relacionamentos em qualquer outro lugar.

O processo de Relacionamento com Influenciadores é prático e os principais elementos são:

  1. Comece a interagir com os influenciadores. Trate como se estivesse desenvolvendo uma nova amizade. Quando se trata de negócios, concentre-se em fornecer valor para eles. Se os influenciadores tiverem uma pergunta, procure respondê-la. Não perca tempo dizendo-lhe o valor que você traz, apenas entregue-os a eles.
  2. De forma contínua, mostre que você estará ativo em compartilhar as novidades produzidas pelos influenciadores com a sua própria audiência. Mesmo que seu público seja muito menor  que o do influenciador, a atitude de dar e receber será notada.
  3. Ajude ativamente os outros. Quando você foca toda sua atenção para uma pessoa, excluindo todas outras coisas, isso começa a parecer um pouco estranho. Dê valor aos outros em uma base regular. Publique excelentes conteúdos. Compartilhe as coisas boas de outras pessoas. Dica: se você descobrir um ótimo conteúdo de um autor pouco conhecido, o influenciador com quem você está tentando construir seu relacionamento estará mais interessado do que nunca em você!

 

Construindo o Relacionamento

 

Quanto à interação, quanto mais pessoal, melhor. Os profissionais e empresas que construiram muitos de seus relacionamentos com influenciadores do seu setor, estiveram em conferências e sentaram na primeira fila, enquanto as pessoas que eles queriam conhecer estavam falando. E depois foram as primeiras pessoas a falarem com os influenciadores, quando o evento terminou. O contato cara a cara é incrível.

O diagrama a seguir tenta ilustrar quais tipos de métodos de construção de relacionamento são os mais pessoais e, portanto, possuem o maior valor e exigem o maior esforço para construi-lo.

 

Pirâmide de Construção de Relacionamento

 

Também é importante priorizar. Quais pessoas valem o máximo de esforço? Como você decide? Você pode voar para uma conferência para encontrar um influenciador essencial, cara a cara? Ou ainda é melhor relacionar-se com outros com os quais você pode simplesmente interagir nas contas de redes sociais.

Observe que é possível construir relacionamentos significativos com pessoas apenas através de mídias sociais, mas nada supera a conversa face a face.

As oportunidades também são importantes. Sua primeira oportunidade de fazer uma grande impressão em alguém pode ser responder a uma postagem no blog, um tweet ou retweet ou uma atualização do Facebook. Seu influenciador alvo pode pedir ajuda com algo, e se você acompanhe o trabalho dele, pode ser o primeiro a se apresentar para ajudá-lo. Bingo!

Aproveitar oportunidades como essa não tem preço, faz uma grande impressão e pode realmente acelerar a construção de um relacionamento.

 

Quais são as chances de alguém compartilhar ou vincular?

 

Uma vez que você desenvolveu um relacionamento, você ainda precisa fazer as coisas certas para conseguir alguém compartilhar ou vincular suas coisas. Ninguém vai compartilhar tudo o que você faz, porque algumas coisas que você faz não são tão boas ou não relevantes (não se ofenda, ninguém é ótimo o tempo todo).

Aqui está uma fórmula que Eric Enge, CEO da Stone Temple – uma reconhecida empresa de marketing digital dos EUA – desenvolveu para a probabilidade de alguém compartilhar ou vincular ao seu conteúdo.

Vejamos os principais elementos:

  1. Relevância – se não for relevante para os influenciadores, eles não vão compartilhar, mesmo que seja ótimo! – Entenda: se não é relevante para os influenciadores, eles não vão compartilhar isso, mesmo que seja ótimo!
  2. Unicidade – Seth Godin gosta de nos dizer para ser notável. Se o que você cria não é excepcional, ninguém vai se importar, e ninguém vai compartilhar.
  3. Conteúdo de qualidade – Isto é evidente. O conteúdo de baixa qualidade trará resultados de baixa qualidade e nenhuma intensidade de construção de relacionamento mudará isso.
  4. Confie no autor – É aí que o relacionamento entra em jogo. Você pode criar um ótimo conteúdo, mas se você ainda não for confiável, sua taxa de compartilhamento continuará baixa.
  5. Confiar em Fontes de Referência – Como alguém aprende sobre partes de conteúdo também é um fator significativo na taxa de compartilhamento. Se uma autoridade lhe fala algo, é mais provável que você responda passando a mensagem dele para frente.
  6. Visibilidade – As pessoas não podem compartilhar o que não veem. Por exemplo, se você criar um bom conteúdo no blog e repercute em suas redes sociais apenas uma vez, uma pequena porcentagem de seus fãs e seguidores verá. Posts em redes sociais já se foram 5 minutos depois de publicados. Até mesmo os internautas mais viciados em redes sociais sentem falta do fluxo constante de postagens.
  7. Impressões – Impressões são interessantes. Este é o marketing clássico em ação. Especialistas no assunto disseram levar uma média de 7 impressões por venda concluída. Claro, todas as impressões não são criadas iguais.

O alcance dos influenciadores é enorme. Você não obtém apenas links, eles podem dar espaços significativos que resultam em contato com outras pessoas que lhe dão links.

 

O que você aprendeu

 

  • A dinâmica do Influence Marketing é muito humana e tem tudo a ver com relações de troca
  • Relacionar-se assertivamente com as pessoas na internet é uma atividade crítica de Marketing de Influência
  • Isso não é novo, sempre foi valioso construir relacionamentos com pessoas influentes
  • A Internet simplesmente nos dá novos mecanismos para criar conexões e experiências reais
  • A comunicação e a construção de um relacionamento duradouro é mais fácil do que parece
  • É possível começar facilmente com as mídias sociais, comentários ou conversas de blog, e isso é ótimo
  • Nunca negligencie o poder das relações pessoais diretas: interações olho-no-olho têm alto impacto
  • Criar um conteúdo fantástico é uma obrigação, então planeje bem esta etapa
  • Construir relacionamentos corretos possibilita que o mundo conheça as coisas legais que você está fazendo
  • Adicione valor à sua audiência a cada passo do caminho; as pessoas só vão compartilhar porque isso ajuda os outros

Fontes: Stone Temple Consulting, Eric Enge e Moz


Gostou disso? Compartilhe com os seus amigos!

4 shares

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *